Fapan Paraíso do Norte

Bacharel em Administração

Curso Graduação Bacharel em Administração

Curso Administração

Diploma: Bacharel em Administração
Total de vagas anuais: 100
Número de alunos por turma: 50
Turno de funcionamento: Noturno

Investimento

Mensalidade: 870,00*
Modalidade: ensino presencial
Data início do curso: desde 09/02/2009
Regime de matrícula: seriado semestral

O Curso

Carga horária: 3.079 horas
Integralização da carga horária:
Tempo mínimo: 8 semestres
Tempo máximo: 16 semestres

Reconhecimento

Dados do reconhecimento do curso:

Reconhecimento Renovado pela portaria do MEC 268, de 03 de abril de 2017.

baixar resolução

Missão do Curso

Promover o estudo da Administração de modo a formar egressos criativos, críticos e reflexivos, comprometidos com a melhoria da qualidade de vida da população, mediante a busca de soluções alternativas e consolidação de novos empreendimentos, respeitando as características das organizações da região de Paraíso do Norte - Pr.

O que você precisa saber?

Tomando como base o conjunto de habilidades técnicas e pessoais necessárias ao desempenho das funções do Administrador nas organizações, destinadas a garantir uma identidade nacional à categoria profissional, o Curso de Administração da Faculdade Paraíso do Norte - FAPAN tem busca adequar-se a realidade do contexto regional da macro Região de Paraíso do Norte - Pr que, fruto de suas características peculiares, exige uma orientação especial dos conteúdos programáticos. Tais aspectos orientam a formação de um profissional que demonstre possuir, como características gerais do seu perfil pessoal e profissional, entre outras:

I. Compreensão de valores de cidadania, consciência de sua responsabilidade junto à sociedade, elevados valores de justiça e ética profissional;

II. formação humanística, e dotado de visão global, que o habilite a compreender o meio social, político, econômico e cultural onde está inserido e a tomar decisões em um mundo diversificado e interdependente;

III. formação técnica e científica para atuar na administração das organizações, além de desenvolver atividades específicas da prática profissional em consonância com as demandas atuais;

IV. competência para empreender, quer seja compondo equipes de trabalho ou atuando isoladamente;

V. capacidade de analisar criticamente as organizações e o meio em que elas se inserem, atuando de forma a antecipar-se as mudanças que se fizerem necessárias;

VI. capacidade de atuar em equipes multidisciplinares;

VII. compreensão da necessidade de manter contínuo o desenvolvimento profissional como parte de um esforço permanente de auto-desenvolvimento;

VIII. capacidade para liderar e chefiar equipes multidisciplinares;

IX. capacidade para atuar como multiplicador de conhecimento dentro das organizações.

X. Competência para empreender e tomar decisões, analisando criticamente as organizações, antecipando e promovendo suas transformações;

XI. Flexibilidade e proatividade diante das mudanças;

XII. Orientação para resultados;

XIII. Capacidade interativa, integrativa e de coordenação;

XIV. Capacidade de compreensão da necessidade do contínuo aperfeiçoamento profissional e do desenvolvimento da autoconfiança, demonstrando pré-disposição para o aprendizado contínuo.

 

HABILIDADE DO EGRESSO

I. habilidade de comunicação interpessoal, como fator de coesão;

II. habilidade de expressão escrita e interpretação da documentação técnica específica;

III. habilidade de utilização do raciocínio lógico, crítico e analítico, operando com valores e formulações matemáticas e estabelecendo relações formais e causais entre fenômenos organizacionais;

IV. habilidade de interagir criticamente face aos diferentes contextos organizacionais e sociais;

V. habilidade de demonstrar compreensão do todo administrativo, de modo integrado, sistêmico e estratégico, bem como de suas relações com o ambiente externo;

VI. habilidade de lidar com modelos de gestão inovadores;

VII. habilidade da negociação: resolver situações com flexibilidade e adaptabilidade diante de problemas e desafios organizacionais;

VIII. habilidade de ordenar atividades e programas, de decidir entre alternativas e de identificar e dimensionar riscos;

IX. habilidade de selecionar procedimentos que privilegiem form as de atuação em prol de objetivos comuns;

X. habilidade do raciocínio lógico, crítico e analítico: utilizar raciocínio lógico, crítico e analítico, operando com valores e formulações matemáticas e estabelecendo relações formais e causais entre fenômenos. Ser capaz também de interagir criativamente diante dos diferentes contextos organizacionais e sociais;

XI. habilidade da visão sistêmica e estratégica: compreender o todo administrativo, de modo integrado, sistêmico e estratégico, bem como suas relações com o ambiente externo;

XII. habilidade da criatividade e iniciativa: propor e implementar modelos de gestão, inovar e demonstrar um espírito empreendedor;

XIII. habilidade da tomada de decisão: ordenar atividades, processos e programas, decidir entre alternativas e identificar e dimensionar riscos;

XIV. habilidade para orientação de resultados: agir em busca de resultados comprometidos com o futuro da organização e com o seu compromisso social;

XV. habilidade da liderança: selecionar estratégias adequadas de ação, visando a atender interesses interpessoais e institucionais;

Em virtude das condições de crescente competitividade dos mercados e do espetacular avanço na área da tecnologia, ocorridos, sobretudo a partir dos anos 90, o mundo empresarial vem registrando profundas transformações, seja de caráter regulatório seja de caráter estrutural. Conseqüentemente, têm se observados fenômenos importantes como a redução de postos de trabalho e a terceirização.

Obrigam os empreendedores a adaptarem-se com rapidez cada vez maior. Neste contexto, está inserido o Curso de Administração da FAPAN, oferecendo um currículo moderno e flexível.

Atenta à nova realidade, a FAPAN tem reunido importantes esforços para preparar o futuro administrador para enfrentar os constantes desafios decorrentes das rápidas transformações da economia mundial e regional das organizações, do mercado de trabalho e das condições do exercício profissional, mediante uma formação de qualidade, que prioriza o aperfeiçoamento da vocação para a liderança empreendedora, a capacidade para lidar com modelos de gestão inovadores e estratégias adequado de ação.

Afinal, entre todas as profissões, a do administrador apresenta uma vantagem: o dinamismo. Ou seja, o foco a que se atém esse profissional vive em constante mudança, tendo por repercussão freqüentes transformações em sua área e forma de atuação. Por isso, a FAPAN busca a formação do administrador devendo lhe atribuir, a um só tempo visão generalista e especializada. A FAPAN define que dois aspectos são cruciais para o sucesso na carreira o aperfeiçoamento contínuo e a rapidez de resposta às mudanças.

Para atender a tal enfoque, a FAPAN busca o desenvolvimento das habilidades e competência que se dará por meio de disciplinas de formação básica, instrumental e profissional.

Sua atuação consiste na identificação de oportunidades, diagnóstico, análise e solução de problemas organizacionais através do uso do conhecimento e interpretação dos conceitos e da habilidade para ajudar os outros a compreenderem os problemas em termos mais objetivos, ultrapassando os sintomas manifestados. Assim, o bacharel em Administração, registrado no CRA (Conselho Regional de Administração), poderá atuar nas seguintes áreas:

• Administração Financeira

• Administração de Materiais

• Logística

• Marketing

• Administração da Produção

• Gestão de Pessoas (RH – Recursos Humanos)

• Gestão Orçamentária

• Organização, Sistemas e Métodos

• Administração de Consórcio

• Comércio Exterior

• Gestão de Cooperativas

• Administração Hospitalar

• Administração de Bens

• Administração de Condomínios

• Administração de Imóveis

• Gestão da Tecnologia da Informação (Informática)

• Gestão em Agronegócios

• Gestão da Manutenção Industrial

• Gestão de Projetos

• entre outras áreas onde o profissional de Administração possa Planejar, Dirigir e Controlar planejamento, ações e projetos.

Missão & Objetivos

  • Missão do Curso

    Promover o estudo da Administração de modo a formar egressos criativos, críticos e reflexivos, comprometidos com a melhoria da qualidade de vida da população, mediante a busca de soluções alternativas e consolidação de novos empreendimentos, respeitando as características das organizações da região de Paraíso do Norte - Pr.
  • objetivo geral

    Contribuir na formação de administradores por meio da transmissão, análise e questionamento acerca do conjunto do conhecimento e ferramentas que favoreçam o desenvolvimento de competências/capacidades, visando assegurar níveis de competitividade e de legitimidade frente as transformações que vêm ocorrendo no âmbito interno e externo das organizações e que estejam motivados e habilitados para trabalhar em equipe, sejam capazes de criar e ampliar oportunidades de negócios e gestão de forma consciente, e se fundamentem nos mais modernos quadros de habilidade humana, técnica e conceitual do campo da Administração.
  • objetivos específicos

    • O curso de Administração da Faculdade Paraíso do Norte - FAPAN elegeu como seus preceitos ontológicos, orientadores da ação pedagógica do seu corpo docente, os seguintes objetivos específicos:
    • I. formar profissionais que tenha atitudes e técnicas para compreensão da importância da visão e do raciocínio estratégico na definição e implementação dos princípios básicos da administração e gerência;
    • II. formar profissionais que compreendam as formas de utilização, no dia-a-dia, dos instrumentos e das técnicas modernas de gestão e de administração;
    • III. formar profissionais adequados a realidade nacional e regional, capazes, contudo, de adequar-se a dinâmica das mudanças de contexto social-político-econômico-cultural, possuindo sólidos conhecimentos técnicos associados a um conjunto de habilidades humanas, capazes de atuar junto aos diversos tipos de organizações existentes;
    • IV. formar profissionais que possuam elevado nível de flexibilidade e que possam atuar no âmbito do processo de globalização que, sendo ainda uma incógnita no sentido do encontro de culturas através da expansão mundial dos negócios, com queda de fronteiras nacionais com o advento de mercados comuns e a extraordinária velocidade de desenvolvimento das tecnologias de informação e comunicação, exigirá administradores aptos a avaliar e decidir em ambientes de incertezas;
    • V. formar profissionais empreendedores, que atuem como multiplicadores dos esforços internos nas organizações as quais pertençam, ao mesmo tempo que tenham a capacidade de iniciar novos negócios, desbravando mercados, avaliando e assumindo os riscos necessários ao sucesso dos empreendimentos;
    • VI. formar profissionais dotados de sólidos valores morais e éticos, cônscios de suas responsabilidades profissionais e sociais;
    • VII. formar profissionais com mentalidade analítico-crítica dos fenômenos organizacionais, capazes de visualizar e propor soluções estruturadas e inovadoras aos complexos problemas inerentes as organizações modernas;
    • VIII. formar profissionais hábeis na condução de equipes de trabalho e que possam atuar, com sucesso, na solução de conflitos interpessoais, no estabelecimento de objetivos e na definição de estratégias comuns aos seus integrantes;
    • IX. formar profissionais que tenham como objetivos permanentes o auto-desenvolvimento e a auto-aprendizagem.
    • X. formar profissionais com capacidade perceptiva para identificar e diagnosticar problemas organizacionais e propor soluções;
    • XI. formar profissionais que possam identificar e selecionar oportunidades para o desenvolvimento das organizações;
    • XII. formar profissionais que possam entender os modelos gerenciais na sua interdisciplinaridade e sua adequação para a gestão das organizações;
    • XIII. formar profissionais com espírito criativo e inovador na busca de novos conhecimentos e atitudes transformadoras da realidade organizacional e social;
    • XIV. formar profissionais que possam compreender a complexidade e diversidade sócio-cultural e as interações entre indivíduos e organizações para agir de maneira adequada e justa no atendimento das necessidades dos diferentes públicos relacionados às organizações.

Matriz Curricular

Fapan Paraíso do Norte